Fernanda Chemale

Diário de Memórias

Alquimia
02_1140_Espelho_fotoFernandaChemale
Iemanjá do Guaíba de Zoravia Bettiol
04_E6100_Espuma_fotoFernandaChemale
Antúrio
Cardume
07_E7594_Homem_fotoFernandaChemale
Cura da série Contabilidade de Rochelle Costi
09_9884_Escritora_fotoFernandaChemale
Tapete
11_2018_03_Flor Baobá_fotoFernandaChemale
12_Escada_fotoFernandaChemale
13_2016_09_26_2957_monumento_redePesca_fotoFernandaChemale
14_7893_Concha_fotoFernandaChemale
Transbordador

Diário de Memórias reúne uma coleção de fotografias produzidas no meu cotidiano e apresentadas na forma de polípticos na dimensão 20x20cm que combinados entre si, contabilizam trípticos, quíntuplos entre outros.  Uma cartografia de achados relacionados à intimidade, aos afetos e à sensualidade das formas. Com essa ideia, convida-se o espectador a adentrar em um território singular de experimentação cujo conceito inspirado na ideia que Jacques Aumont apresentada no livro “ A imagem”, editora Papirus, 1995 , onde o autor refere o “Aché e o suposto saber”, sugerindo a existência de um espaço singular de reinvenção e organização de ideias  a partir daquilo que cada espectador toma para si partindo do que consegue perceber. Em seu conjunto são imagens relacionadas à intimidade, as relações estabelecidas entre o eu e os outros. Construção contemporânea e, portanto, aberta, as imagens foram realizadas com aparelho celular em período de aproximadamente 5 anos evocando o meu fazer fotográfico diário. Este trabalho esteve entre os finalistas da convocatória internacional Fotograma Livre FestFotoPOA 2021, no Pequeno Encontro de Fotografia e na Exposição Sentado à Beira do Tempo a poética de Murilo Mendes, exibida no Centro Cultural dos Correios RJ e no Museu de Arte Contemporânea Murilo Mendes em Juiz de Fora, MG.

Comentários estão fechados.