Fernanda Chemale

Paulo Klein

CHEMALE FAX LUX

fernandinha! fernandinha! que bom te ver te ter no aeroanta bem aqui pertinho no largo da batata. pensar q te encontrei pela primeira vez um pouco abaixo do cú do mundo. curytiba. e ensaiamos trazer à sampa teus flashs relâmpagos sonoros das bandas mais loucas de porto.alegres como pau no cú do surdo e outras tranqueiras do rock gaúcho. q bom te ver…pueblos moçada rapaze replicantes daqui e daí. bladeranner. teu flash é todo pique. tua         fotografia           todo          ritmo            do           rock

v       e      l       ô                  c         i         d        a       d       e

fernandinha! fernandinha! bom te ver te ter por  aqui  viva! duke lee dizia dia destes:”a gente tem q acreditar em quem banca sua loucura”.

amo   tuas    f   o   t   o     m  a  c  r  o  n  a  t  u  r  e  z  a  s     e    essa    trip

q   u   a   q   u   i      p     e     r     f     o     r     m     e     a     i     a     z     e    z

fernandinha! fernandinha! você traz do front cult de porto a ousadia alucinante som sexo rock and roll e multi-mídia e aí empatamos em nossas trilhas multi-visuais-sonoras-cults prá lá de pós-modernos minimals eco bossais transnovíssimos o papo é esse.prá lá de cabeça.quem for de som de foto rock arte-conceito e pós conceitos vai ver e crer q sua transa é.luz up to date integral encantada na velha câmara escura – é claro – fazendo nesta invenção sua parte na força da foto que ergue/constrói coisas belas. com essa sua entrée arrasante só posso tirar do peito este coração imenso que a arte nos dá e te desejar toda a fax lux do planet of this world.posé: faxlight.parabéns por esta coisa toda.e desculpe a rapidez. mas é pura na madrugada carregada de luzes e amores pueris.

beijos prá galeria

PAULO KLEINFotógrafo e Crítico Visual/APCA-UBE-UFSP

São Paulo, março de 1992.