Fernanda Chemale

Desordem

Desordem

Ophelia | Gisela Rodriguez
Ophelia | Gisela Rodriguez
Casulo | João Carlos Castanha
Dominadora | Dominique Luxor
Medusa | Kátia Suman
Minotauro | Pascal Berten
Medusa | Kátia Suman
Prometeu | Eduardo Bueno
Desordem, Prometeu
Guerreiro | Zé da Terreira
Guerreiro | Zé da Terreira
Louco | Wander Wildner
Louco | Wander Wildner
Di Prima | Clarice Nejar
StonEna | Ena Lautert
Alice | Rochele Zandavalli
Alice | Rochele Zandavalli
Cigana | Deborah Finocchiaro
Rayuela | Gica Beatnik e Wander Wildner
Ulisses e Penélope | Luiz Paulo Vasconcellos e Sandra Dani
Borge & Medeiros | Lauro Ramalho e Elison Couto
Arlequim | Edu K
Caperuchita Roja | Beatriz Borges
Chinaski | Otto Guerra
Prenda Negra | Heinz Limaverde
Barbie | Elisa Volpatto
Ophelia | Gisela Rodriguez
Ophelia | Gisela Rodriguez

http://projetodesordem.com

FotoRio | Exposição Ateliê da Imagem | Rio de Janeiro | 2015

Party em Foco | Portfolio em Foco | 2015

DESORDEM

Fernanda Chemale | fotografias

Gisela Rodriguez | poemas

 

Confesso, me sinto inadaptada

Nesta contemplação do descuido,

Onde cada amor não retribuído

Solene, beija a porta da razão,

Como o amante não desejado…

 

Trecho do Poema “Inspiro Expiro” de Gisela Rodriguez

 

“A fotografia de Fernanda dialoga com a poesia de Gisela, aberta em seus desfechos, livre em suas associações, numa atitude lúdica e cheia de imaginação. Para deleite do leitor e do espectador, seus olhares sempre são acompanhados por um leve ar libertador, um elemento emblemático de seu trabalho e que parece ser uma compreensão do momento atual: dedicar-se ao seu mundo com paixão e ironia.”   Titus Riedl, Curador e Pesquisador de Fotografia

 

Ophelia | Gisela Rodriguez | Casa da poeta (Vila Assunção)

Louco | Wander Wildner | Orla do Guaíba

Di Prima | Clarisse Nejar | Aeroclube do Rio Grande do Sul

Medusa | Kátia Suman | Praça Açorianos

Prometeu | Eduardo Bueno | Vila Flores

Borges & Medeiros | Lauro Ramalho e Elison Couto | Av. Borges de Medeiros

Cigana | Deborah Finocchiaro | Praça Júlio de Castilhos

Minotauro | Pascal Berten | Utopia e Luta

Guerreiro | Zé da Terreira (Dragão: Alexandre Fávero) | Viaduto da Conceição

Rayuela | Gica Beatnik e Wander Wildner | Viaduto Otávio Rocha

Alice | Rochele Zandavalli | Biblioteca Pública do Estado do RS

StonEna | Ena Lautert  (Concepção Alexandre Antunes) | Rua Cabral

Dominadora | Daniela de Paula (Dommenique Luxor) | De Marchi Pneus

Prenda Negra | Heinz Limaverde | Usina do Gasômetro

Barbie | Elisa Volpatto | Igreja Nossa Senhora das Dores

Casulo | João Carlos Castanha | SAFE Park Duque de Caxias

Chinaski | Otto Guerra | Av. Bento Gonçalves

Caperucita Roja | Beatriz Borges (grafitte JP Pax-Lídia Brancher) | Rua Lopo Gonçalves

Arlequim | Edu K | Parque de Diversões Zapt Zum

Ulisses e Penélope | Luiz Paulo Vasconcellos e Sandra Dani | Parque Farroupilha

 

 

Desordem

Minotauro com Pascal Berten

Casulo com João Carlos Castanha

Casulo com João Carlos Castanha

SourceURL:file://localhost/Users/fernanda/Documents/DOCUMENTOS%20DE%20TRABALHO_MAC%203/GIS/2015_gis/2015_01_Desordem/2015/divulga%C3%A7%C3%A3o/DESORDEM_Galeria%20Tina%20Zappoli.doc

 

Desordem, novo livro de fotografias de Fernanda Chemale e poemas de Gisela Rodriguez propõe uma narrativa simbólica do homem contemporâneo dentro de uma atmosfera atemporal de solitude e desordem. O resultado são relações entre passado, presente e futuro que enfatizam um plano suspenso, quimérico e fabuloso, oferecendo um retrato do cenário urbano de uma sociedade permeada por relações interpessoais falidas e interligadas por medos, imaginações, emoções e modos de vida. O livro, uma brochura de 144 páginas em formato 20×22, tem direção de produção de Liége Biasotto e Design Gráfico de Flávio Wild e foi realizado através do Financiamento Fumproarte, Fundo Municipal de Apoio à Cultura e à Produção Artística de Porto Alegre.

Os poemas de Gisela Rodriguez desafiam a ordem da existência humana e pessoal, assim como política e social, insinuando um protagonista oculto, um anti-herói em busca da liberdade que acredita ainda ser possível observando a sociedade ao redor e a “desordem” de sentimentos.

As imagens de Chemale são formadas por personagens arquétipos que representam um inconsciente coletivo histórico. Estão em vertigem nos espaços públicos de Porto Alegre evocando um universo dramático em contraponto ao discurso cotidiano e fragmentado da cidade.

A encenação contou com o talento de Daniel Lion (figurinos), Marco Fronckowiak (cenografia e assistência de direção), Juliane Senna (maquiagem), Carol de Góes (fotos de making of e versão para o inglês) e André Varela (assistente de produção).

O livro tem apresentação do escritor Paulo Scott e do curador e pesquisador de fotografia Titus Riedl. Conta ainda com as participações especiais de Alexandre Antunes, Alexandre Fávero, Eduardo Aigner, JP Pax e Lidia Brancher, Paul Azevedo.

Vinte cenas icônicas concebidas originalmente para as fotografias do livro Desordem estarão expostas na galeria Tina Zappoli, entre elas as imagens que contaram com a participação de Sandra Dani, Luiz Paulo Vasconcellos, Wander Wildner, Lauro Ramalho, Elison Couto, Ena Lautert, Beatriz Borges, Clarice Nejar, Elisa Volpatto, Heinz Limaverde, Kátia Suman, Deborah Finocchiaro, Eduardo Bueno, Pascal Berten, Zé da Terreira, Otto Guerra, Castanha, Dommenique Luxor, Rochele Zandavalli, Gica Beatnik e Edu K. Como imagem seminal, a poeta Gisela Rodriguez protagoniza “Ophelia”.

Sobre as artistas

Fernanda Chemale, fotógrafa e artista visual, vêm desenvolvendo projetos na vertente autoral e documental buscando no cotidiano os vestígios do homem urbano e apropriando-se de seus objetos, espaços e ações casuais. Na construção de suas imagens suprime a fronteira entre realidade e ficção e sugere possibilidades narrativas, desafiando o espectador a decifrar imagens. Propõe uma fotografia oculta, paradoxal e subversiva. Entre as series que desenvolveu destacam-se Terráqueos, Rock Luz Velocidade, Mendigos, Abstracto, Face, Tempo de Rock e Luz, ElefanteCidadeSerpente, Espaço de Conflito, A Rua Suspensa, Retratos Clássicos do Rock Gaúcho.

Suas obras estão nas coleções Pirelli/MASP de Fotografias do Museu de Arte de São Paulo, no Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul, Museu do Homem do Nordeste, Fundación de Foto Y Cine Latinoaméricano de Paris e Museu dos Descobrimentos em Portugal. É professora de fotografia, ministrando os cursos de fotografia de espetáculo e retrato. Como curadora atuou nos projetos da Galeria de Fotografia Olho Nu, IFCH-UFRGS; no CD Lory F.Band; no livro comemorativo aos 150 anos do Theatro São Pedro; no livro Silêncio em Siena; em homenagens do Porto Alegre Em Cena e na exposição Sertões Nômades do VI Theória da FUNDAJ. Recentemente exibiu suas fotos no Teatro Solís em Montevidéu e apresentou “A Rua Suspensa” na Fotogaleira Virgílio Calegari em Porto Alegre, 2º Prêmio IEAVi de Artes Visuais.  Colaborou com a Fundação Joaquim Nabuco no projeto Nordestes Emergentes fotografando o Cariri com curadoria de Milton Guran e coordenação de Ciema Mello e desenvolveu a série Do Juazeiro ao Chuí fotografando o nordeste em trânsito no Rio de Janeiro para o VI Theória.

 

Gisela Rodriguez foi vocalista da banda punk-psicodélica Projeto Uivo, fazendo diversos shows durante sete anos pela capital e interior do RS. Roteiros e adaptações teatrais, além de poemas e contos, já faziam parte de sua rotina até que, em 2010, começou a participar de publicações em coletâneas e antologias de novos autores, e também a colaborar em sites e blogs literários. Seu primeiro romance Entre a Neve e o Deserto, foi lançado na sétima FestiPoa Literária, em maio de 2014. Formada em Teatro pela CAL(RJ), fez Extensão em Cinema na PUC(RS), Expressão Corporal “Physical Approach” na City Lit (Londres), curso de roteiro para cinema e televisão AlCtv – Academia Internacional de Cinema e TV(RJ) e cursos de aprimoramento na área do teatro-dança, expressão corporal, teatro antropológico e expressionista, entre outros. Criou um grupo de estudos e laboratórios teatrais que mais tarde transformou-se no Grupo Nômade, onde dirigiu, escreveu o roteiro e atuou.

 

Personagens e Artistas 

Ficha técnica

Concepção: Fernanda Chemale e Gisela Rodriguez

Fotografia e edição: Fernanda Chemale

Poemas: Gisela Rodriguez

Direção de produção e relações artísticas: Liége Biasotto

Design gráfico: Flávio Wild

Textos de apresentação: Titus Riedl e Paulo Scott

Curadoria das fotografias: Fernanda Chemale, Titus Riedl e Flávio Wild

Tradução e fotos de making of: Carol de Góes

Fotografias – criação coletiva Fernanda Chemale, Gisela Rodriguez, Liége Biasotto, Daniel Lion, Marco Fronckowiak e Juliane Senna

Figurinos: Daniel Lion

Cenografia e assistência de direção: Marco Fronckowiak

Maquiagem: Juliane Senna

Assistente de produção: André Varela

Vídeo: Rogério Brasil Ferrari

Assessoria de imprensa: Bebê Baumgarten – BD Divulgação

Participações especiais: Alexandre Antunes, Alexandre Fávero, Eduardo Aigner (making of e assessoria de imagem), JP Pax e Lidia Brancher (grafite), Paul Azevedo (cabelos)

Apoio: Galeria Tina Zappoli, Gráfica Odisséia, Enygma Filmes Brazil, GO IMAGE, Adolfo Lona Vinhos e Espumantes, Ateliê da Imagem, WildStudio

Realização: Cuco Produções e GIS Fotografias e Filmes

Financiamento: FUMPROARTE – Prefeitura Municipal de Porto Alegre

 

Sobre o livro Desordem

Fernanda Chemale e Gisela Rodriguez

R$ 60,00

ISBN 978-85-904319-3-0

Brochura | Impressão Colorida – Papel couchê fosco e pólen bold

Formato 20x22cm | 144pg. | Ano 2015

Texto de apresentação: Titus Riedl e Paulo Scott

Design gráfico: Flávio Wild

 

Mais informações: http://projetodesordem.com/

https://vimeo.com/122071153

 

 

Convite Desordem Canela

DESORDEM, livro fotografias  de Fernanda Chemale inspirado nos poemas de Gisela Rodriguez.

“A fotografia de Fernanda dialoga com a poesia de Gisela, aberta em seus desfechos, livre em suas associações, numa atitude lúdica e cheia de imaginação. Para deleite do leitor e do espectador, seus olhares sempre são acompanhados por um leve ar libertador, um elemento emblemático de seu trabalho e que parece ser uma compreensão do momento atual: dedicar-se ao seu mundo com paixão e ironia.”

Titus Riedl, Curador e Pesquisador de Fotografia

http://projetodesordem.com

CANELA FOTO WORKSHOPS

11 de abril |20h – Lançamento do Livro e Preview da Exposição

Espaço 273 | Rua Tenente Manoel Corrêa, 273 – Centro | Canela – RS

Saiba mais sobre as exposições

http://www.canelaworkshops.com.br/exposicoes

Catálogo

http://www.youblisher.com/p/1109288-Canela-Foto-Workshops-2015/